Contato

Parque da Quinta da Boa Vista S/N
São Cristóvão, RJ, 20940-040.

Fale Conosco

Na nossa vida, muitas vezes os planos não acontecem da maneira que esperávamos. Eventos inesperados podem mudar nossos sonhos, nos mostrar outras oportunidades e nos colocar em novos caminhos que nunca havíamos imaginado antes. 

Foi o que aconteceu com o destino de Rubi e Esmeralda, as lobas-guarás que vivem no BioParque do Rio. As irmãs foram trazidas para cá devido à necessidade de cuidados médicos especiais depois de um nascimento conturbado em que perderam sua mãe. Porém, aqui conosco, elas acabaram encontrando um novo lar e uma nova família: a família BioParque!

Além disso, hoje Rubi e Esmeralda exercem um papel fundamental para a natureza. Como são de uma espécie quase ameaçada de extinção, elas fazem parte de projetos de conservação da biodiversidade, desenvolvidos no BioParque do Rio!

Quer conhecer um pouco mais sobre a história das lobas-guarás, sua espécie e o que são os projetos de conservação? Então continua com a gente que vamos contar mais nesse post.

Post_Explicacao_Lobo_Guara_1

Mudança de planos: como o destino trouxe Rubi e Esmeralda, as lobas guarás, para o BioParque

 

Assim como diversos animais que vivem em nosso parque, Rubi e Esmeralda chegaram aqui por precisarem de um novo lar, onde houvesse um time especializado para cuidar delas com atenção especial.                                                             

Logo antes de nascerem, a mãe das lobinhas sofreu um acidente em uma estrada na cidade de Barbacena, Minas Gerais. Ela chegou a ser levada ao veterinário, onde conseguiu dar à luz as lobas-guarás, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

Por isso, surgiu a necessidade de levar as recém-nascidas para um lugar com estrutura médica veterinária que pudesse cuidar delas. Então, elas foram trazidas para o antigo zoológico do Rio, onde tiveram todos os cuidados necessários e foram acompanhadas e acolhidas por uma equipe muito especial.

Você sabia que, quando eram filhotes, elas dormiam com um urso de pelúcia para se sentirem protegidas e não notarem a ausência de sua mãe? Elas também eram amamentadas com mamadeira e, aos pouco, foram se recuperando com a ajuda de nossos veterinários. Isso foi em 2006 e, desde então, Rubi e Esmeralda se tornaram parte da grande família BioParque.

Conheça mais sobre o lobo-guará, espécie de Rubi e Esmeralda

Assim como muitas famílias vivem com um cachorrinho em casa para alegrar os dias e lhes fazer companhia, as lobas-guarás Rubi e Esmeralda são os canídeos que vivem em nosso parque!

A espécie (Chrysocyon brachyurus), nativa da América do Sul, pode atingir entre 20 e 30 kg de peso e até 90 cm na altura. Uma de suas características mais marcantes que consegue facilmente distingui-las de outras espécies são suas pernas longas e finas de pelagem avermelhada.

Post_Explicacao_Lobo_Guara_2

No Brasil, sua distribuição geográfica acontece majoritariamente no Cerrado, mas também inclui áreas como Caatinga, Pantanal, Mata Atlântica e Pampa. Ela também pode ser encontrada em outros países do continente, como Paraguai, Bolívia, Argentina e Uruguai.

Um fato interessante é que, apesar de ser um animal crepuscular, sua atividade está mais relacionada às condições de umidade do ar e à temperatura. Isso faz com que normalmente seus picos de atividade aconteçam entre 8h e 10h da manhã e 8h e 10h da noite. No entanto, em dias mais frios ou nublados, o lobo-guará pode ser encontrado ativo durante o dia. 

Por serem animais onívoros, ao contrário dos herbívoros e carnívoros, possuem um dieta ampla e alimentam-se tanto de animais, quanto de vegetais. Aqui no BioParque, a alimentação das lobinhas é rica em frutas e tipos variados de carne, sempre pensada exclusivamente para seu bem-estar.

Pesquisa, educação e conservação: o lema do BioParque!

Assim como pedras preciosas podem ser difíceis de encontrar, Rubi e Esmeralda são de uma espécie que, cada vez mais, está desaparecendo da natureza. Segundo a Red List da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza), a espécie se encontra no estágio de “quase ameaçada de extinção”.

Post_Explicacao_Lobo_Guara_3

E é exatamente para proteger espécies como a do lobo-guará que o BioParque do Rio existe! Como somos um verdadeiro centro de conservação da biodiversidade, nossos projetos voltados à conservação de espécies são uma das prioridades de nossa equipe.

Por isso, Rubi e Esmeralda são parte de iniciativas que buscam, por meio de muita pesquisa, ajudar a espécie em sua sobrevivência e, para isso, ajudar os pesquisadores a entenderem melhor sobre a espécie.

Você também pode fazer parte disso! 

Muito legal conhecer essa espécie que é tão característica do país em que vivemos, não é? Pois existem muitas outras histórias incríveis sobre os animais que vivem no BioParque do Rio!

Então não deixe de seguir nossas redes sociais para acompanhar as novidades de nosso parque. Se você ainda não conhece as histórias de outros animais emblemáticos do BioParque do Rio, como a Carla e a Koala, confira os outros posts disponíveis aqui em nosso blog.

Você pode conhecer todos eles de pertinho, aprender sobre suas espécies e incentivar os nossos projetos de conservação da biodiversidade sendo sócio do BioParque! Em nosso site você confere as opções de plano para ser o grande protagonista dessa história.

Além de garantir visitas exclusivas e ilimitadas, parte da renda do programa de sócios financia diretamente os projetos de conservação de espécies como a de Rubi e Esmeralda! Incrível, não é?

 

Quer saber mais sobre a rotina do BioParque? Cadastre-se e receba as atualizações por e-mail. 😃📲

Captcha obrigatório

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Share:

1 Comment

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.